sábado, 13 de dezembro de 2008

Orgasmo e ponto G


A um tempinho atrás, decidi, graças a um comentário do meu namorado pesquisar sobre o orgasmo feminino. Ele tinha comentado que leu uma revista aonde mulheres falavam sobre suas experiências, a maioria afirmou que sentia prazer com um penis mais grosso do que com um longo e fino, embora muitas tenham afirmado que gozaram mais com oral.

Enfim, ele também leu que cientistas afirmavam que um penis mais grosso provocava sim mais prazer a uma mulher porque acertava as partes aonde ela tinha mais prazer. Em cima disso busquei informações sobre orgasmos de mulheres e com sorte acharia inclusive depoimentos, o único que achei foi de uma mulher que só gozou com seus 30 e poucos anos depois de uma ajuda psiquiatra.

“Mesmo quando era recém-casada não tinha vontade de ter relação com o meu marido, nunca o procurava. Falando com as amigas eu me sentia diferente porque ouvia histórias malucas, elas falavam que adoravam, que morriam de vontade de transar a toda hora e diziam detalhes picantes das relações e do orgasmo (...).Eu não tinha desejo nenhum e não sentia absolutamente nada durante o sexo, era como se meu marido estivesse tocando em qualquer outra parte do meu corpo (...)Resolvi ir ao ginecologista para contar o problema e ele disse apenas que eu deveria tentar mais vezes. Segui a recomendação mas nada mudava. Voltei lá e ele me encaminhou pra terapia. Isso mudou a minha vida. Descobri que não conhecia o meu corpo, que não me olhava, não sabia nem como era a minha vagina. Passei a me descobrir. Olhava meu corpo e me tocava na frente do espelho e assim fui desenvolvendo a minha sexualidade. Nunca tinha me masturbado e nem sabia como era, descobri aos 32 anos junto com o meu primeiro orgasmo.”

Bom, a parte do ponto G é mais uma dica as mulheres, decidi colocar aqui todo o artigo relacionado porque é bem interessante e diferente de outras coisas que já li esse é bem, qual seria a palavra certa? Simples e informativo ?

“Para você, ele pode ser apenas algo tão mitológico quanto fadas ou unicórnios, mas o fato é que ele existe e que é responsável pela maior parte do prazer que você sente no sexo. Com certeza, já deve tê-lo encontrado sem se dar conta, ao ter um orgasmo espetacular. Na verdade, o ponto G nada mais é do que uma pequena área em torno da uretra, na qual estão concentradas várias glândulas, vasos sangüíneos e terminações nervosas.

Encontrá-lo não é uma tarefa fácil, mas tampouco impossível. Quando a mulher não está sob um forte estado de excitação, o ponto G se contrai numa pequena massa sem bordas, na parede vaginal frontal. Sua única função é dar prazer, nada mais. Por isso, uma investigação mais detalhada pode valer muito à pena!
A posição ideal para uma expedição pelo seu corpo é de cócoras ou sentada. Deitada não é das mais indicadas, porque assim ele desaparece. Outra boa forma é de pé, durante o banho. Com a bexiga vazia, comece a explorar a vagina com os dedos: com uma das mãos, pressione a parede frontal de cima a baixo, e com a outra, faça o mesmo com o abdome.

À medida que você for se tocando, o ponto G começará a se dilatar, provocando prazer. Você pode até mesmo chegar ao orgasmo, que é muito mais forte que o clitoriano. Seu parceiro também poderá ajudar na busca por esse pequeno botãozinho do prazer. Antes de fazer amor, coloque uma almofada debaixo de seu quadril e peça-lhe que introduza suavemente os dedos na parede frontal de sua vagina, de cima a baixo. Para sentir melhor a estimulação, experimente ficar em cima de seu parceiro ou ser penetrada por trás. “


No Brasil, 10% dos homens e 30% das mulheres nunca experimentaram o orgasmo. O orgasmo não é apenas um evento físico, também é psicológico, não adianta durante o sexo você ficar pensando “Será que chego lá”? Pode pensar que tudo que dizem sobre “relaxar” seja bobagem mas muitas mulheres afirmam terem chegado ao orgasmo depois que pararam de se preocupar se iam ou não gozar.

Fonte do ponto G: http://www.terra.com.br/mulher/sexo/2001/11/14/011.htm

2 Comments:

Eagle Fly Free said...

Hum... eu já li essa matéria em três lugares diferentes...

E sim, por isso que o Ponto G é tão 'bom' para as mulheres...

~.~ E não me gabando, eu sou bom em achar ele... sério mesmo. ;P~~

98% de exito sobre isso.

Guilherme Bandeira said...

Olá, retribuindo a visita e a dica do site...adorei seu blog...vou acompanhar e linkar vc tb...

O ponto G na minha opinião é bem mais abrangente, quando sentimos tesão por alguém, o corpo todo se torna "o ponto G"...rs...a proposito, me chamo "G"uilherme...rs

valeu pela visita..voltarei sempre que puder.

www.olhaquemaneiro.com.br