quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Sexo e Robos


David Levy, um famoso jogador de xadrez e especialista em inteligência artificial afirma em seu livro (“Love and Sex with Robots: The Evolution of Human-Robot Relationships” - Amor e Sexo com Robôs: A Evolução dos Relacionamentos Humanos-Robôs) que isso não só pode acontecer como irá se tornar possível até 2047.

“Amor e sexo com robôs em grande escala são inevitáveis. (…) Pode-se programar um robô para praticar posições e técnicas sexuais de todo o mundo ou colocá-lo no modo de aprendizagem para ‘aprendiz sexual’”


Então que tal pendurar aquele namorado chato que tem nojinho de certas coisas no armário e se entregar a um robô verdadeiramente gostoso que não diz que está com dor de cabeça?


“A contaminação por doenças sexuais transmissíveis pode ser reduzida porque é possível desinfetar o robô. Se as pessoas fizerem sexo com robôs, evitarão filhos não desejados e não haverá a necessidade de fazer abortos (…)”

Uma empresa japonesa, a Axis, já fabricou aqueles que poderiam ser considerados os primeiros robôs sexuais.

Eles se chamam Honeydolls e são bonecas de resina e silicone em tamanho real equipadas em cada seio com sensores conectados a um som. Se o "usuário" beliscar seus mamilos, um modelo chamado Cindy dá gritos de prazer e sussurra palavras melosas ao pé do ouvido.

Se a sua namorada reclama do seu fogo, logo logo terá a sua solução ...

"Há um verdadeiro problema com os robôs sexuais: as pessoas se sentirão fracassadas se esta for sua única solução"



3 Comments:

Eagle Fly Free said...

Não precisariamos de um desses na nossa casa, amor...

Sabe... =P Não faria falta. =3

Guilherme Bandeira said...

Com a evolução da ciência, quero ser num futuro distante como o amante do filme I.A., rsrs...dá uma jogada na cabeça pro lado, tocar uma musiquinha...e pum!

www.olhaquemaneiro.com.br

Guilherme Bandeira said...

Andei sumido, mas estou de volta...rs..vc tb sumiu heim...adoro seu blog...estou smepre por aqui...beijos

www.olhaquemaneiro.com.br